Superbanner

Redes Sociais

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Minecraft da vida real: me ajude a voltar pra casa!

Você já viu no meu canal RezendeEvil Minecraft o que acontece quando um ser do universo Minecraft é jogado no mundo real, certo? Se não viu, confira aqui.

Mas e o contrário? Imagine a seguinte situação: um dia eu acordo. Não encontro ninguém em casa: minha mãe, meu pai ou meu irmão. Quando abro meu armário, não tinha nada. Tudo que tinha dentro sumiu.



De repente, começo a ouvir uma voz, meio horripilante, meio sedutora... Essa voz me chama. “Rezendeeeee, Rezendeeeeeee…..” ela diz. De onde vem? Será que é só uma coisa da minha cabeça? É assustador.

Volto para ver aquele armário vazio. Aquela voz fica cada vez mais forte. Entro no armário. De repente, algo me puxa. O armário é um portal. E quando olho a minha volta, só sei que estou no mundo de Minecraft.

Ao contrário do vídeo que mencionei no começo - que tem um personagem do Minecraft que vem para o nosso mundo - nesse caso, é tudo inverso. Minhas mãos eram pixels e o mundo inteiro ficou quadrado!

O que você faria nessa situação? Como sair dessa e voltar pra casa?

Gostou da história? Pois essa é aventura da minha nova série, Minecraft da Vida Real. Com ajuda dos amigos da #ADR Adriano, Virgínia e Emily, essa série é feita para ser um sucesso, como foram Paraíso e Vida.

Estamos nos dedicando muito para dar aquela chacoalhada e inovada no universo Minecraft. Então, se você pensa que já viu tudo sobre Minecraft, dê uma conferida no primeiro episódio e prepare-se: muita coisa surpreendente vem por aí!






quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Meu trabalho vai além do Rezende Evil.

Talvez você me acompanhe há anos. Talvez você tenha acabado de me conhecer. Mas em qualquer um dos casos, a chance de ter me conhecido pelo canal Rezende Evil deve ser de uns 99%.

Agora, o que muita gente não sabe, é que eu tenho vários projetos além do canal!

Não estou falando apenas dos meus livros ou espetáculos (que ano que vem estarão de volta), mas também de outros canais no próprio Youtube.


Conforme o Rezende Evil foi crescendo, e os assuntos diversificando, eu bolei uma estratégia pra ficar ainda mais perto do meu público, aumentando o conteúdo sem perder a essência e a qualidade.

O canal Rezende Evil começou como um canal de games, mas bombou no Minecraft. Com o tempo, novas aventuras foram surgindo, e fora das telas do PC. Hoje temos experiências malucas, trollagens, meninos X meninas e muitas outras atrações. Mas isso não quer dizer que abandonei meu público de Minecraft, muito pelo contrário.


Conheça o canal Rezende Evil Minecraft



Especialmente para os meus molekes e bonekas do Minecraft, que estão comigo há tanto tempo, eu criei um canal que tem vídeos de Minecraft todo dia. Além de outros conteúdos relacionados ao universo Minecraft, como a série super legal Minecraft Realidade, um projeto totalmente diferente, fique de olho!

Mas não é só isso! Lá também tem um conteúdo super legal de Clash Royale que eu gravo junto com os amigos Adriano e Virgínia.

Vê lá! E além desse, eu tenho mais um canal, o do Rezendinho.

Conheça o canal do Rezendinho

Ele tem um nome parecido com o meu, ele se parece comigo, mas ele é o Rezendinho! E ele tem um canal só dele!



O Rezendinho vai em eventos super legais, se mete em encrencas, em aventuras contra
vilões do Minecraft, e recebe convidados muito especiais, como Felipe Neto e Bibi Tato. O astral do canal é super bem humorado e divertido, e garanto que você vai curtir.


Então, se você gosta do meu trabalho, se inscreve lá no meu canal, e instala o meu APP oficial para iOS e Android para ficar por dentro de tudo!

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Você sabe de onde eu venho? Conheça a minha cidade.

Faaaaaaala molekes e bonecas!

Você,  que acompanha o canal Rezende Evil, já se perguntou em que cidade os vídeos são gravados?

Ou, como diz o meme:



Huahuahauahauahauahuahauahauahauahuahaua

Mas então, eu moro no interior do Paraná.  Pra você que ainda não conhece, a minha cidade se chama Londrina. 

Já teve o apelido de pequena Londres. Pela lógica deveria ter uma rainha anã aqui kkkk

Eu gosto de morar aqui porque tem muita coisa foda pra fazer, sem todo aquele stress das cidades grandes. 

Você pode chegar na cidade de carro (dã, óbvio), avião ou de busão. Mas o curioso é que o busão, que não voa, vai pra uma rodoviária na forma de disco voador, que voa. Pô, deviam ter feito o aeroporto em forma de disco voador, não a rodoviária kkkkk O projeto foi feito por aquele arquiteto bem famoso que viveu mais de 100 anos, o Oscar Niemeyer.

É um disco voador? Não. É a rodoviária de Londrina

Pra relaxar, fazer uma caminhada, andar de skate, patins, bike,  ter contato com a natureza, eu recomendo o Parque Artur Thomaz.  Lá tem um mirante com uma das vistas mais bonitas da cidade.  Muita gente vai lá fazer pic nic também.  Se você tem um espírito aventureiro, dá pra fazer trilha. E  o melhor de tudo é que uma delas termina em uma cachoeira muito daora. 



Outro lugar #loko pra fazer caminhada, esportes e tal, é também o que tem o melhor nome: Zerão. Mas não chama isso, chama Área de Lazer Luigi Borghesi. Mas como o lugar visto de cima parece um zero, o povo chama de Zerão, que é um nome muito mais daora.

Outro lugar muito bonito o Lago Igapó.

Olha só, esse é o Lago Igapó
Pra quem curte museu, os principais são o museu Padre Carlos Weiss que tem muita coisa de história, e outro é o Museu de Arte de Londrina, que tem mais pinturas, essas coisas. Outro endereço histórico que muita gente visita é a Catedral.



Um lugar que eu curto pacas é o autódromo de Londrina. Lá o bicho pega, tem corrida e um monte de evento foda o ano inteiro, o mais famoso deles é a Stock Car.



O time da Cidade chama...vamos ver se você adivinha? Isso mesmo: Londrina! KKKK agora, uma coisa que sempre me deixou curioso é que Londrina fica longe do litoral, mas o mascote e o apelido do time é Tubarão. Alguém aí pode me explicar isso?



E tem também vários shoppings, lugar pra fazer compras. E muito lugar pra ir a noite, mas eu não vou ficar falando disso aqui, porque vai que falo demais, e minha mãe lê esse site kkkk

Mas então é isso, eu queria que vocês soubessem um pouquinho mais de mim. E aguardo vocês aqui em Londrina. Pode vir!

Vlw! Flw!

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

A invasão e a lição

Você acredita nos ETs?



Acha que um dia eles vão invadir a Terra? Sabia que 1938 milhões de pessoas entraram em PÂNICO porque achavam que a Terra estava sendo invadida? Na época não tinha TV, muito menos internet, e o povo ouvia rádio. Aí um cara chamado Orson Wells fez uma transmissão ao vivo baseada em um livro chamado A Guerra dos Mundos, o povo achou que era verdade e…. CARACA! Caos!

Imagina se o plantão da Globo falasse que os marcianos invadiram a Terra, como você ia ficar? Então. É tipo isso, foi a maior trollagem da história. Pena que não tinha Youtube na época.

Agora vamos falar de outra invasão: a da minha casa. Não rolou por causa de um ET, era um cara. Você já deve conhecer o famoso caso do invasor.  Lá em abril, quando rolou, um cara começou a causar na minha casa e a gente gravou tudo, vocês viram?



Agora nós estamos fazendo uma série sobre esse caso. A série é 100% encenação. E pra deixar isso bem claro, demos o nome de Invasor- A Série. Tem capítulo novo todo dia, às 20h no canal. Vai lá e assiste.


Acontece que tem gente achando que é real , tipo aquele lance da Guerra dos Mundos! Então eu achei importante avisar aqui: essa série do invasor não tem nada de real, então vocês não precisam ficar preocupados comigo, viu? Obrigado a todos que se preocuparam! Eu estou seguro. A preocupação de vocês é que é de outro mundo - e eu não quero trollar meus molekes e bonekas! Então tá avisado!

 Agora, podem fazer uma pipoca e acompanhar a série lá, que tá melhor que muita coisa do Netflix!


Dá uma olhadinha no primeiro capítulo aqui.


quinta-feira, 30 de novembro de 2017

5.000.000.000 (cinco bilhões) de obrigados

O tempo passa rápido, e a gente só percebe depois que ele já passou.
Eu lembro de quando comecei, eu via os canais dos gamers e achava super legal, eu era fã deles. Eu não sabia como, mas queria fazer aquilo. Daí criei o canal Gamer Mestre. 

Depois a coisa evoluiu, resolvi fazer um canal mais evoluído. Meu pai sugeriu o nome do meu canal atual: Rezende Evil, um trocadilho com meu nome e Resident Evil - o único nome de game que ele sabia na época kkkkk.  A ideia era falar de diversos games, mas foi o Minecraft que realmente me cativou. E que encantou meus molekes e bonekas.

Parece que foi ontem que eu tava super feliz ter ter alcançado 20.000 inscritos, mas já faz mais de 4 anos. Foi a primeira vez que mostrei meu rosto. Hoje meu rosto aparece até na TV e em capas de revistas.E é visto bilhões de vezes no Youtube.

Foram muitas idas e vindas, vitórias, e também alguns momentos difíceis. Mas eu sempre tive a #ADR - e principalmente, você -  junto comigo pra apoiar.

Quando eu cheguei a 100.000 inscritos, eu não conseguia acreditar. Eu nunca imaginei que ia chegar nem perto disso e que teria milhares de inscritos ou de views. O que dizer então de bilhões de views.

Hoje eu tenho mais de 5000 vídeos no canal. Eu lembro do dia que eu cheguei a  200 vídeos.

Só coloquei esses números aqui, pra você também acreditar em você mesmo. Não importa o que você fizer, se você acreditar, se dedicar, e tiver as pessoas certas pra te apoiar, você chega lá. Um dia eu fui pequeninho, e você me ajudou a crescer. Se eu posso, você pode.

Fui o primeiro youtuber bilionário do Brasil (pena que não em dinheiro kkkkk). E o primeiro a atingir 2 bilhões. Agora são 5 BILHÕES!  Só mais 2 bilhões e teremos uma visualização pra cada habitante do planeta Terra.

Eu queria dar obrigado pra cada um de vocês. Eu queria agradecer cada uma dessas visualizações. Mas pelas minhas contas, se eu demorar um segundo falando cada obrigado eu teria que passar os próximos 15 anos só agradecendo, e sem parar pra dormir, comer ou fazer xixi kkkkkkk

Só não esquece de uma coisa: o número não é o que importa. Desde o primeiro inscrito, sou o mesmo Rezende. E vou continuar sendo assim. Enquanto você me acompanhar, eu estarei lá <3


OBRIGADO!  (X 5.000.000.000)

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Já sonhou em ir pra Disney? Então vem comigo!

FAAAALA MOLEKES E BONECAS!!!

Outro dia eu tava falando de como foi legal ir pra Disney. E de como eu queria voltar pra lá. Só que pra mim não adianta só voltar. Eu quero dividir toda aquela emoção com as pessoas que realmente importam pra mim, ou seja: todo mundo que é #ADR. Tipo você <3



É isso mesmo: isso é um convite! Estou convidando você pra ir pra Orlando e conhecer os parques da Disney COMIGO! Já pensou que legal? Afinal, as coisas boas da vida tem que ser curtidas, mas também compartilhadas.

Como funciona?
O pacote já tá completinho, assim você só se preocupa com curtir. Já tem passagem aérea, 7 noites de hospedagem, ingressos para TODOS os parques do Walt Disney World em Orlando e tour de compras. Tudo isso com guias nos acompanhando desde o Brasil. Desde a ida no aeroporto aqui no Brasil, passando por todos os passeios e momentos lá na Flórida, e  até o desembarque da volta, teremos guias profissionais cuidando de tudo. É muito seguro, e foi pensado por quem entende do assunto, a operadora American Travel, que é expert em USA.

Como você viu, a gente criou um pacote super legal pra gente ir junto pra Disney. Pensamos em tudo! Agora você acha mais informações visitando o site do Viaje com Celebridades

Lá tem todas as informações que você precisa. E aí, bora arrumar as malas?


quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Lembrando da melhor viagem da minha vida. E com aquela vontade de repetir.

FAAAALA MOLEKES E BONECAS!

Hoje eu quero falar pra vocês da viagem mais legal que eu já fiz na minha vida. A mais incrível de todas. Aquela que na hora de ir embora eu pensei “quero voltar pra cá!”.

Aposto que você já adivinhou pra onde era. Dica: começa com D e acaba com Isney kkkkk
Isso mesmo... a Disney! Outro dia eu tava revendo as fotos que eu tirei e bateu uma saudade, uma vontade enorme de voltar pra lá.

Desde que era criança, eu sempre quis ir. Até porque passei a infância vendo todos os desenhos da Disney e da Pixar. Isso sem falar em brinquedo, presente, tudo. Quem é que não curte o Mickey, Nemo ou o Buzz Lightyear? E quem não quer se sentir um Jedi no mundo de Star Wars? Na Disney World, tudo é possível.

Estar na Disney é viver um sonho. Um sonho que todo mundo devia experimentar se tivesse a chance.  Vou falar a real: é tudo muito cabuloso. Lá tem vários parques, e em todos você fica maluco!

Logo que você entra, tem muita coisa rolando no parque. Pra onde você olha tem alguma coisa incrível. Pode ser um bicho passeando (tem muito bicho lá) ou um personagem chamando a atenção de todo mundo. Se piscar, perdeu alguma coisa legal. Até  os lugares que você vai pra comer são iguais de filme,  que nem a lanchonete da Bela e a Fera e a pizzaria do Toy Story.

Agora, dá uma olhada nas fotos que eu tirei lá.

Esse negócio aqui que parece uma moto voadora é do Star Wars. Como eu falei, na Disney você pode ser o que quiser, até um cavaleiro Jedi fugindo dos Storm Troopers.

E ainda na pegada Jedi, dá até medo ver um AT-AT Walker do Star Wars em tamanho real bem na sua frente! Parece que ele vai começar a  andar e soltar laser em todo mundo a qualquer momento!

Essa bolota aqui deve ser uma das construções mais famosas do mundo. Ela é do Epcot Center, um dos parques que formam o Walt Disney World. Dentro dele tem um pedacinho do que cada país do mundo faz, até do Brasil! É muito legal, você conhece um pouco do mundo inteiro no mesmo lugar.

Esse aqui é o Castelo da Cinderela, só não achei nenhum sapato de cristal perdido nele  hdsuaihdasiu. Essa castelo fica no Magic Kingdom, um outro parque do Walt Disney World. É na frente dele que acontecem os desfiles, as famosas paradas da Disney, que tem personagens dos filmes e mais um monte de coisa D A  O R A. Reparou nas minhas mãos de Mickey? kkkk

E olha o Olaf aí!
 Quando eu vi ele na minha frente dei muita risada porque lembrei do dia que eu virei a Elsa kkkkkkk

Agora você deve tá pensando: por quê o Rezende tá falando tanto da Disney?


Tá vendo essa placa aí? Então, eu tenho grandes planos pra gente. Você não leu errado, eu disse PRA GENTE = EU + VC.

E se eu te falasse que a gente pode viver todas essas aventuras da Disney JUNTOS? Já pensou que legal?

Em breve eu vou falar mais sobre isso aqui. Enquanto isso, acesse o Viaje com Celebridades para saber mais!

Até a próxima!


sexta-feira, 7 de abril de 2017

AFINAL, O QUE É #ADR??

FAAAALA MOLEKES E BONECAS!

OK, pergunta simples e totalmente justa. Vamos começar pelo básico: #ADR é a sigla de Aliança Do Rezende. A hashtag é porque... ué, #porquesim dhsaiuhdsiu

Como o próprio nome sugere, é uma Aliança, no sentido de aliar, ter aliados. É algo que não envolve somente a mim e o que eu faço. É um esforço coletivo entre vários Youtubers.



Tudo começou numa Live que fiz no Youtube com uma galera com quem jogo Minecraft. Por já sermos velhos conhecidos e conhecidas por lá, a transmissão foi divertidíssima. Partimos daí e decidimos “oficializar” nosso Minecraft colaborativo.

Pra fazer um paralelo, a #ADR é como um clã de Counter Strike. Vários jogadores que se unem e montam uma equipe. No caso, como é Minecraft, construímos e evoluímos juntos. Aprendemos juntos. Com esse espírito de equipe, firmamos nossas identidades individuais e pudemos reforçar ainda mais a #ADR. Daí, com isso, não só o meu como outros canais começaram a crescer e ganhar visibilidade.

E como cresceram, viu <3 <3

Com isso, vieram as promoções, os trabalhos, as viagens. Com uma coisa levando à outra, o nome #ADR acabou se estendendo aos fãs e culminando no Festival ADR. Nossa “arvorezinha” brotou do chão e criou ramos pra fora do Minecraft e pra dentro dos palcos <3
A gente jamais podia imaginar que uma Livestream fosse virar um show de variedades. Um rolê no qual, em 2 horas, fazemos dublagens ao vivo, números musicais, jogos e desafios. Não é algo linear.

É um momentão dividido em momentos menores e diferentes entre si. O Festival é onde os membros originais da #ADR se apresentam aos novos, aos fãs, a essa enorme equipe que é a Aliança do Rezende. É uma celebração de amizade, companheirismo, espírito de equipe e claro, diversão!

Sinto uma alegria enorme quando penso que dei meu nome a uma parada tão incrível. Uma iniciativa que me permite colaborar com pessoas extremamente talentosas. Um lance que me leva a compartilhar objetivos. Uma aliança que me faz acreditar que estou no caminho certo! <3 <3
Inclusive, em fevereiro teve o Festival #ADR e foi D A O R A !!!!

RETROCESSO? QUE NADA!

FAAAALA MOLEKES E BONECAS!

Às vezes fico lembrando de quando eu era criança. Nasci em 1996 e não conheci o mundo sem internet. Claro que conheço gente mais velha e tenho informações a respeito, mas não cheguei a viver nada disso. Cresci na internet e encontrei minha profissão nela.

Porém, CURIOSAMENTE, um dos efeitos e consequências disso é o quanto eu acabei ficando mais ativo na minha vida offline. A gente conhece os memes. “Lá fora? O que é isso? É FPS?”. “Fui conferir a tal vida real. Os gráficos são horríveis” hdsuaihdasiu


Então acho engraçado que exatamente por causa desse suposto estilo de vida, boa parte da minha vida agora é me apresentar ao vivo. Num palco. Atuando com pessoas de verdade. Sendo visto por pessoas de verdade.

Por causa de uma mídia digital, hoje interajo com muito mais gente, cara a cara, em carne e osso. Cheguei a me perguntar se é um retrocesso, mas... a Nokia tá relançando o famigerado 3310. Que retrocesso que nada! hsdaiuhdsai

Ah!! Isso me lembra: confere as próximas datas da “Batalha dos Mundos”
https://nonstopproducoes.com.br/rezende/

quinta-feira, 30 de março de 2017

FORBES?! COMO ASSIM MANO

FAAAALA MOLEKES E BONECAS!

Pois é, galera... apareci na revista Forbes. Curioso, isso. No fundo, eu sei que é uma consequência de toda a dedicação em tantos anos produzindo. Nunca foi, não é e nunca será fácil, mas tenho curtido cada vez mais <3



SÓ QUE MESMO ASSIM... mano, revista Forbes!! Lógico que o sentimento imediato foi QQ TA CONTESENO hdusaihdsaui

Fico pensando em como seriam as coisas se eu tivesse me metido a fazer algo que não gosto. Será que uma altura dessa eu ia tar deprê? Fiquei viajando nisso enquanto conversava com uns brother e percebi que só teria uma diferença entre fazer o que faço e qualquer outra coisa: eu sentiria falta do feedback, do retorno da galera.

De resto, concluí que independente da profissão, sou muito CDF pra simplesmente fazer algo meia-boca. Eu ia atormentar os outros e a mim mesmo igualzinho já faço!! hsaudhusadi